Suspeitos de ataques a bancos em Alagoas são identificados, diz SSP

Nos últimos dias, 5 agências foram alvo de criminosos na capital e interior. Lima Jr. admite suspeita de envolvimento de facções criminosas nas ações.

O secretário de Segurança Pública de Alagoas, coronel Lima Júnior, afirmou em entrevista à TV Gazeta nesta terça-feira (24) que os suspeitos de participação nos ataques a agências bancárias no estado já foram identificados.

Cinco agências já foram alvo de criminosos nos últimos dias. Os casos aconteceram em Maceió, Rio Largo, Arapiraca e Atalaia.

O secretário destacou que, desde o início dos ataques, o setor de inteligência vem trabalhando de forma integrada na identificação dos responsáveis. “Já temos pessoas que identificadas, que tiveram participação direta e indireta nos ataques. O que eu posso dizer é que no estado de Alagoas, quem determina quem vai ficar preso e onde vai ficar preso é o Estado”, afirmou.

A referência sobre as prisões se deve ao fato de que foram deixados bilhetes em algumas das agências incendiadas cobrando transferência de detentos. O autor se identificou como membro de uma facção criminosa que age dentro e fora dos presídios.

Lima Júnior admite a suspeita de que pessoas ligadas a essas facções estejam envolvidas nos casos. “Há um indicativo, está sendo trabalhada a informação e vamos dar resposta em um curto período de tempo”, disse.

O secretário reforçou que a polícia trabalha com rigor para descobrir os culpados pelos ataques. “Nós não iremos permitir aqui em Alagoas que o estado vire refém de qualquer organização criminosa. O Estado é soberano e é isso que nós estamos mostrando com as ações policiais”, falou.

Ataques
Na madrugada desta terça, um incêndio de pequenas proporções atingiu caixas eletrônicos de uma agência da Caixa Econômica Federal (CEF), no centro da cidade de Atalaia. O local ficou destruído. No mesmo município, no domingo (22), uma agência do Banco do Brasil já havia sido incendiada.

Também na madrugada de domingo (22), agências bancárias foram incendiadas em Arapiraca e em Rio Largo. Em Maceió, criminosos soltaram uma bomba dentro de uma agência do Itaú, no bairro do Farol.

g1

24/01/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *