Seis homicídios são registrados em menos de 24h na Grande Maceió

Além dos assassinatos, duas tentativas também foram registradas.
Segundo a polícia, nenhum suspeito foi identificado

A Polícia Militar registrou seis homicídios e duas tentativas no domingo (22) e nesta segunda (23), na região Metropolitana de Maceió. Segundo a polícia, nenhum suspeito foi identificado.

De acordo com o relatório do Centro Integrado de Operações da Segurança Pública (Ciosp), a primeira ocorrência aconteceu às 11h42, no bairro Tabuleiro do Martins. João Paulo Santos da Silva, 22, foi atingido por disparos na cabeça e morreu no local.

No bairro do Benedito Bentes, às 14h56, policiais do 5º Batalhão registraram o assassinato de um jovem de 24 anos. Fernando José da Silva foi morto com um tiro na nuca. Já às 16h32, no Jacintinho, um homem identificado como Maxwell Lindras Silva, 22, foi morto com um tiro no pescoço no sofá de sua residência. Segundo a polícia, Silva costumava andar armado pelo bairro.

Ainda no domingo, às 16h37, no Benedito Bentes, Lourival Oliveira, 20, foi assassinado com dois tiros, sendo um na cabeça e outro no abdômen.

Às 18h50, no centro de Rio Largo, um morador de rua de 41 anos identificado como Reginaldo Gouveia Neto foi morto com cinco tiros, sendo quatro no peito e um no braço. De acordo com policiais do 8º Batalhão, testemunhas informaram que dois bandidos encapuzados cometeram o crime e fugiram em uma motocicleta preta.

Em Maceió, às 19h51, no bairro do Jacintinho, um homem não identificado foi assassinado com um tiro na nuca. Segundo a polícia, ao lado da vítima foram encontrados sete estojos de munição calibre .40, além de cinco munições calibre .40 que estavam no bolso da vítima.

No bairro do São Jorge, às 22h11, Jeckson Flávio Freitas dos Santos, 24, foi baleado com três tiros nas costas, glúteos e pernas. Ele foi socorrido pela população para o Hospital Geral do Estado (HGE).

Já nesta segunda-feira (23), às 00h07, na Chã do Pilar, um jovem de 23 anos identificado como Railson Santos de Sá foi baleado com quatro tiros, sendo dois nas costas, um no braço e um na mão. Ele foi socorrido para o HGE.

Nos casos de homicídios, equipes da Delegacia de Homicídios e os Institutos de Criminalística (IC) e de Medicina Legal (IML) estiveram nos locais.

g1

23/01/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *