Secretaria confirma que 14 detentos serão transferidos após motim em presídio de Ribeirão das Neves

Segundo a Seap, rebelião na penitenciária Dutra Ladeira deixou um agente e oito presos feridos.

A Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap) confirmou nesta quarta-feira (18) que 14 detentos serão transferidos após motim no presídio Dutra Ladeira, em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com o órgão, estão sendo realizadas revistas na unidade e não há um balanço de materiais apreendidos.

Detentos da unidade prisional organizaram a rebelião em quatro pavilhões da unidade, segundo a Seap. O motim começou com celas depredadas e colchões foram incendiados. Os presos pediam a saída do diretor da unidade, Rodrigo Machado, e a melhora do tratamento aos familiares e aos detentos, disseram representantes da Ordem dos Advogados do Brasil em Minas Gerais (OAB-MG), que estavam no local. O motim terminou com um agente penitenciário e oito detentos feridos. Não houve fugas.

O órgão disse ainda que os vídeos e áudios gravados nas celas e divulgados pelas redes sociais já estão sendo investigados pelo Setor de Inteligência do Sistema Prisional e serão encaminhados à Polícia Civil. Em um dos vídeos um preso diz: “vai morrer muita gente, o massacre vai começar. Vai meter fogo em tudo”.

Nesta terça-feira, o secretário-adjunto de Administração Prisional, Robson Lucas, afirmou que a situação na Dutra Ladeira foi normal e que a rotina da unidade foi retomada. Ele também garantiu a permanência do diretor Rodrigo Machado no presídio.

O presídio abriga detentos em fase final de cumprimento de penas em regime semiaberto. O secretário adjunto disse que haverá um maior controle em relação à entrada de celulares. “A gente vai fazer um pente fino de modo a identificar e fazer a apreensão desses equipamentos”, afirmou.

Segundo o Ministério Público, o presídio conta hoje com cerca de 2,2 mil detentos abrigados em cerca de mil vagas.

g1

18/01/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *