Preso é morto durante transferência para penitenciária no Sul do Piauí

Segundo delegado, dois suspeitos teriam asfixiado a vítima dentro do carro. Caso aconteceu na manhã desta quinta-feira (12) na cidade de Floriano.

Um preso identificado como Humberto Hilton Fernandes de Moraes foi morto na manhã desta quinta-feira (12), quando estava sendo transferido com outros sete detentos de Teresina para a Penitenciária Vereda Grande, em Floriano, Sul do Piauí. Segundo o delegado Assis Carvalho, dois homens teriam asfixiado a vítima durante a viagem dentro do carro-cela, viatura usada em transferências.

“Ao todo eram oito presos, que estavam sendo transferidos de Teresina para o interior do estado. Cinco ficariam na penitenciária de Floriano e três em São Raimundo Nonato. Ainda não sabemos a motivação do crime, mas já identificamos os dois responsáveis pela morte”, informou.

De acordo com o delegado, a suspeita é que a vítima morreu por asfixia traumática, mas somente exames do Instituto Médico Legal (IML) podem comprovar a causa da morte. O corpo encontra-se dentro da viatura e aguarda a perícia para remoção. Os presos estavam com pés e mãos algemados e cinco agentes também estavam dentro do carro-cela.

“Estou autuado os dois suspeitos do crime por homícidio. Os outros presos que estavam no carro serão ouvidos como testemunhas e levados para as penitenciárias”, disse.

Nota
A Diretoria da Unidade de Administração Penitenciária da Secretaria de Justiça do Piauí (Duap) informou, através de nota, que o preso Humberto Hilton Fernandes de Moraes foi morto pelos presos Francisco Alisson Pereira da Silva e Rafael de Oliveira Carvalho, durante a transferência de oito presos que estava sendo realizada na manhã desta quinta-feira (12) para as penitenciárias de Floriano e de São Raimundo Nonato.

Segundo a nota, os detentos Francisco Alisson e Rafael, que estavam presos por roubo, confessaram o crime e foram conduzidos para a Delegacia de Floriano, onde foram autuados e ouvidos. Humberto estava preso desde essa quarta-feira (11), por roubo qualificado.

Os três detentos estavam presos na Casa de Custódia de Teresina, sendo que Humberto estava sendo transferido para a Penitenciária de Floriano, e Francisco Alisson e Rafael para a Casa de Detenção de São Raimundo Nonato.

A Diretoria ressaltou ainda que a escolta dos presos estava sendo feito de acordo com os procedimentos padrões de segurança, em condições adequadas de transporte, tendo sido feita uma vistoria junto aos detentos, antes da transferência. Uma sindicância está sendo aberta pela Secretaria de Justiça, para apurar o caso.

g1

12/01/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *