Policial apreende próprio filho com carro roubado

AAAA

Um policial militar do Batalhão de Alcântara, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio, apreendeu o próprio filho após ele chegar em casa com um carro, cordão e um celular roubados.

“Ele disse que não participou de assalto, mas admitiu saber que o carro e o celular eram produtos de roubo. Ele jurou que não usa drogas, que não está envolvido com o tráfico de drogas. E disse que ganhou dinheiro para guardar o carro”, conta o sargento Ubiratan Assis, pai do garoto.

Ele foi apreendido pelo pai após a mãe desconfiar dos objetos levados por ele para casa. A mulher ligou então para o policial, que pediu autorização ao comandante e foi para a residência efetuar a apreensão.

“Meus filhos e sobrinhos sabem que minha índole sempre foi essa. Sempre deixei eles bem cientes para que não se envolvessem porque seria uma coisa que iria me matar por dentro, mas que eu não iria compactuar. Vai doer, como está doendo, mas é o que tem que ser feito”, disse o pai.

Ubiratan acredita que o filho tenha se envolvido no caso devido a más companhias. “A mãe dele mora em uma área de risco e ela já havia falado comigo das amizades dele por lá”, conta. O casal está separado há dez anos e, desde então, o jovem e mais dois irmãos moram com o pai e uma madastra.

O adolescente foi levado pelo pai para à Delegacia de Neves e vai ser encaminhado ao Instituto Dom Bosco, na Ilha do Governador, destinado a menores infratores.

Faca na Caveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *