Novo ministro dos Transportes visita Alagoas nesta segunda-feira (23)

Alagoano Maurício Quintella conhecerá projetos com viés urbano e viário do Governo do Estado

viadutoa1e3dec9d5a3ddbb03219cadb44416fc_L
Viaduto da Polícia Rodoviária Federal, obra que dará mais fluidez ao trânsito e segurança aos pedestres e ciclistas da região, foi orçado em aproximadamente R$ 70 milhões. Ilustração
O novo ministro dos Transportes, o alagoano Maurício Quintella, estará em Maceió, nesta segunda-feira (23), para um encontro com o governador Renan Filho e o secretário de Transporte e Desenvolvimento Urbano, Mosart Amaral.

Na ocasião, o ministro terá a oportunidade de conhecer de perto os projetos estruturantes de caráter urbano e viário do Governo do Estado, como o viaduto da Polícia Rodoviária Federal, aeroportos de Maragogi e Arapiraca, além da duplicação da BR-101 e da recuperação rodovia que liga Carié  (AL) a Inajá (PE) – uma interligação entre a BR-424 a BR-316.

O viaduto da Polícia Rodoviária Federal, obra que dará mais fluidez ao trânsito e segurança aos pedestres e ciclistas da região, foi orçado em aproximadamente R$ 70 milhões e será construído com recursos federais, através de um termo de compromisso assinado entre Governo do Estado e DNIT. O projeto, idealizado pela Secretaria de Transporte e Desenvolvimento Urbano (Setrand), já foi finalizado e agora segue para aprovação do DNIT regional e nacional. As obras estão previstas para o segundo semestre deste ano.

Para o gestor da pasta estadual de Transporte, Mosart Amaral, o encontro com o  ministro Maurício Quintella é um momento positivo para o Estado e será ainda uma oportunidade para estreitar o relacionamento entre o Governo de Alagoas e o Ministério dos Transportes.

“Estamos aguardando com muita expectativa o encontro do governador Renan Filho com o ministro Maurício Quintella. Obras como a duplicação BR-101, viaduto da Polícia Rodoviária Federal e aeroportos, por exemplo, serão pautadas nesse encontro. Acredito que será uma reunião muito positiva, de onde podem sair boas notícias para o nosso estado”, frisou Amaral.

Manuela Matos – Agência Alagoas