Morre idoso baleado em assalto em instituição de caridade em Socorro

Ele resistiu à abordagem criminosa quando deixava doação em creche. Suspeito tentou levar o veículo da vítima, bateu em muro, mas fugiu.

O ex-coordenador da Defesa Civil de Aracaju, Nicanor Moura Neto, de 67 anos, morreu na noite de terça-feira (17) após ser atingido por disparos de arma de fogo em um assalto quando ele entregava doações de livros na Creche Almir do Picolé, localizada no Bairro Piabeta, em Nossa Senhora do Socorro (SE). O corpo está sendo velado na Osaf na Rua Itaporanga, 436, no Centro de Aracaju, e o sepultamento será na tarde desta quarta-feira (18) no município de Japaratuba (SE).

Segundo Almir Almeida Paixão, conhecido como Almir do Picolé, responsável pela obra de caridade que atende crianças da comunidade, no momento do ocorrido nenhuma criança estava no local.

“Abri o portão para receber um homem que veio doar livros. Enquanto o carro era descarregado o criminoso invadiu a creche e atirou no homem, que reagiu, mas foi obrigado a entregar a chave do veículo”, contou Almir. Segundo ele, o suspeito levou o veículo e na fuga colidiu contra o muro de uma residência, mas mesmo assim conseguiu fugir do local. Policiais do 5º Batalhão da Polícia Militar foram acionados e a Polícia Civil já investiga a ocorrência.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado para socorrer o idoso que foi encaminhado para um hospital particular de Aracaju, onde foi submetido a uma cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos.

“A equipe identificou dois ferimentos por arma de fogo no tórax e abdômen, com sangramento ativo e sinais de choque: hipotenso, taquicárdico e sudoreico. Ele foi encaminhado inicialmente para o Hospital Municipal José Franco para procedimentos invasivos como drenagem torácica e acesso venoso central. Após estabilização, o paciente foi encaminhado ao Hospital São Lucas, no município de Aracaju”, informou o Samu através de nota oficial.

Despedida
Em nota, o Departamento Estadual de Proteção e Defesa Civil (Depec), da Secretaria de Estado da Mulher, Inclusão e Assistência Social, do Trabalho e dos Direitos Humanos (Seidh) manifestou pesar pelo falecimento.

“Competente e proativo, Nicanor prestou relevantes serviços ao Estado de Sergipe, sendo coordenador da Defesa Civil por duas vezes entre os anos 2000 e 2007. Em sua marcante passagem pelo departamento, ele contribuiu para o desenvolvimento e aperfeiçoamento das atividades desempenhadas pela Defesa Civil em Sergipe. É de se lamentar que sua vida tenha sido precocemente ceifada por um ato de violência, em um momento de doação e generosidade. A solidariedade do Estado de Sergipe a todos os familiares”, diz o comunicado oficial.

g1

18/01/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *