Ludmilla acusa apresentador de racismo e denuncia o caso nas redes

Fãs da cantora saíram em sua defesa.

Ludmilla usou as redes sociais, na noite dessa terça-feira, 17, para relatar um caso de racismo. O apresentador Marcão Chumbo Grosso, da Record Brasília, a chamou de “macaca” no “Balanço Geral DF” no dia 9 deste mês. Durante o quadro “Hora da Venenosa”, criticou a cantora por não tirar fotos com os fãs. “É uma coisa que não dá para entender. Era pobre e macaca. Mas pobre pobre mesmo”. Em seguida, disse: “Eu também era pobre e macaco, falava isso para os meus amigos. Hoje eu digo que sou rico de saúde, graças a Deus.”

À Glamour, a assessoria de imprensa da Ludmilla confirmou, nesta quarta-feira, 18, que a cantora irá prestar queixa hoje, assim que tiver uma brecha na agenda dela.

“Infelizmente, ainda existem pessoas que não compreendem que a discriminação racial é crime. E alguns ainda usam o espaço na mídia para noticiar mentiras ao meu respeito, ofender, menosprezar e propagar todo o seu ódio”, disse Ludmilla no Instagram.

“Não deixaremos impune tais atos, trata se de um desrespeito absurdo, vergonhoso. Fica evidente que esse cidadão @marcaoapresentadortv não possui nenhum pudor ou constrangimento em ofender alguém em rede nacional.”

“Como já foi dito por Paulo Autran, ‘todo preconceito é feito da ignorância’, visto que os racistas não possuem um conhecimento de moralidade, tratando sua própria cor de pele como superior e única. Isso tem que ser combatido e farei a minha parte, quantas vezes for necessário”, finalizou.

glamour

18/01/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *