Lei Seca aborda 213 veículos na parte baixa e alta da capital maceioense

leisecaabordagem
Detran e BPTran vem intensificando as operações da Lei Seca na capital e interior

 

O Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/AL) em parceria com Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran), realizou na última quarta-feira (27), mais uma fiscalização dentro da Operação Lei Seca e surpreendeu vários motoristas tanto na parte baixa como na parte alta da capital.
A operação que tem como principal objetivo coibir que as pessoas misturem o álcool e direção resultou em 213 abordagens em dois lugares diferentes: no bairro da Ponta Verde e Graciliano Ramos. Houve três casos de flagrante delito por embriaguez ao volante e durante a fiscalização apenas um condutor optou pela recusa.
De acordo com o Coordenador da Operação Lei Seca Alagoas, Tenente Emanuel Costa, 221 condutores foram submetidos ao teste do etilômetro, 5 veículos foram recolhidos ao pátio do Detran/AL, 6 pessoas inabilitadas foram abordadas conduzindo veículos.
Ao todo, três condutores tiveram o Certificado de Registro e Licenciamento Veicular (CRLV) recolhido e 6 habilitações recolhidas. Foram lavradas 54 infrações por diversas irregularidades e 2 medidas administrativas.
Por uma nova Alagoas, o departamento de trânsito está intensificando as operações na capital e no interior com o propósito não só de diminuir o índice de acidentes de trânsito, mas também de oferecer segurança para população, combatendo a violência na busca de apreensão de armas e drogas.
O art. 165 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), diz que dirigir sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência, é considerado infração gravíssima e em caso de reincidência no período de até 12 meses a multa é aplicada em dobro.
Agência Alagoas