Homem é arrastado por correnteza em rua da Vila Madalena

Rapaz passava pela Rua Harmonia durante o temporal do último sábado e acabou levado pela água que inundou a via. Cena foi registrada pelo celular de um manobrista.

Um homem foi arrastado por cerca de 100 metros pela correnteza que se formou em pleno asfalto da Rua Harmonia, na Vila Madalena, Zona Oeste de São Paulo, neste sábado (21). Um vídeo gravado por um manobrista de um bar da região registrou o momento em que a água da chuva leva o rapaz. Ele sofreu apenas ferimentos leves.

O temporal que atingiu a capital paulista na tarde do último sábado inundou rapidamente a via, que costuma atrair muitas pessoas nos finais de semana por suas opções boêmias. Um homem que passava pelo local no momento da chuva acabou carregado pela correnteza após pisar em um buraco.

O manobrista Luís Marques Jesus Almeida trabalha no bairro e conta que tentou avisar o rapaz sobre o perigo. “Eu gritei para ele não passar aqui porque eu sabia que tinha esse vão aqui. Só que não deu tempo, ele foi arrastado e bateu a cabeça naquele outro ferro”, relembra ele, que gravou a queda com o celular.

O ferro citado por Luís é o que compõe a grade de proteção do canalizado Rio Verde, que passa debaixo da Rua Harmonia. Foi ela que segurou, além de muito lixo, o rapaz arrastado pela força da água. Outro vídeo gravado por mais um cinegrafista amador mostra o homem se pendurando em um portão, tentando sair do meio da água e dos detritos.

A cena foi presenciada pelo músico Rogério dos Reis. “Eu vi aquela gritaria, o pessoal gritando, aquele desespero, carro boiando, moto, aquele tumulto todo. E foi aí que eu saí pra fora e ele já tava tipo levantando já, com metade do corpo pra fora”, relata.

Apesar de ter sido levado pela água por quase 100 metros e colidido contra a grade de ferro, o homem não se feriu com gravidade. Ele foi resgatado por moradores da vizinhança e partiu dirigindo o próprio carro.

g1

23/01/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *