Governo do Estado alinha criação de nova marca do turismo com trade local

Escolha da identidade visual terá edital de processo seletivo, permitindo a participação da população no processo de escolha do projeto

Nova marca vai incorporar personalidade, diferenciais e informações que comuniquem a representatividade do Estado. Itawi Albuquerque
Nova marca vai incorporar personalidade, diferenciais e informações que comuniquem a representatividade do Estado. Itawi Albuquerque

Incorporar personalidade, diferenciais e informações que comuniquem, por si só, a representatividade do Estado. É o que prevê a criação da nova marca voltada para segmento turístico de Alagoas, discutida, nesta quarta-feira (25), entre a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), Secretaria de Estado de Comunicação (Secom) e representantes do trade turístico local.

Com foco no reconhecimento de Alagoas em esfera nacional, por meio de uma identidade visual gráfica, a metodologia de escolha da marca funcionará por meio de edital de seleção aberto ao público, permitindo a participação da população no processo de escolha do projeto.

“A ideia é dialogar com o público-alvo, como publicitários, designers, jornalistas e estudantes da área de Comunicação, para que a sociedade também seja parte dessa criação da identidade visual e do conceito da marca. Por meio do trade identificaremos diversas possibilidades de abordagem e alternativas a serem amadurecidas, até chegarmos ao resultado final”, afirma a superintendente de Desenvolvimento Regional e Setorial, Giselle Mascarenhas.

 2505_SEDETUR

Na ocasião, foram ouvidas as sugestões de, aproximadamente, 30 empresários e instituições do setor. Dentre as opiniões, destaque para os principais segmentos explorados em Alagoas, sendo eles sol e praia, cultural e aventura.

De acordo com a presidente da Associação dos Empreendedores do Turismo do Litoral Sul (Assert-Sul), Regina Godói, a iniciativa de dialogar com o trade reafirma a parceria entre o setor público e privado em prol do desenvolvimento econômico do Estado, por meio do turismo.

“É animador a gente enxergar essa preocupação do Governo em envolver o trade nas escolhas primordiais do cenário turístico. Nesse momento construímos subsídios, um leque de opções para desenvolver uma proposta rica, que consolide a marca e o nome de Alagoas”, afirma Regina.

O próximo passo é alinhar as sugestões fornecidas pelo trade para, a partir disso, formatar as regras de inscrição do processo seletivo e a divulgação do edital. O encontro aconteceu na sede da Sedetur, no bairro do Jaraguá.

Andressa Alves – Agência Alagoas