Garota foge de casa com namorada que conheceu pela web, veja

garota
A estudante Julia da Silva Cardoso, de 15 anos, está desaparecida desde a tarde da última quarta-feira. Ela sumiu durante um intervalo entre aulas do Colégio Municipal Jesus Soares, em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, e não foi mais vista. Para a mãe e o padrasto, não há dúvidas de que a garota foi se encontrar com uma jovem que conheceu num site de relacionamentos – há um mês, Julia também fugiu para encontrar essa mesma pessoa.

– A opção sexual dela não influencia em nada o nosso sentimento. Só que nós não sabemos quem é essa pessoa que ela conheceu. Sabemos que é do Morro Faz Quem Quer (em Rocha Miranda, na Zona Norte do Rio) e temos medo de onde a Julia possa estar, o que pode estar acontecendo com ela – disse o padrasto da garota, o servidor público Douglas Henrique Ferreira da Silva, de 28 anos.
julia1
Ele contou que, atualmente, Julia estava sem celular porque a mãe dela, a vigilante Tatiane Algarve da Silva, de 33 anos, flagrou conversas que considerou impróprias no WhatsApp.

– Ela estava usando o celular da irmã – informou ele.

julia2

Muito emocionada, a mãe da garota mandou um recado para a filha:

– Minha filha, a gente te ama do jeito que você é. Tenho medo de perder você para o mundo. Estamos te esperando de braços abertos com foi da outra vez (que Julia fugiu). Quero saber o motivo de você ter mudado tanto depois de ter conhecido essa pessoa. Minha dor é profunda.

O desaparecimento da garota foi registrado na 35ª DP (Campo Grande). Quem tiver informações sobre Julia deve ligar para o Disque-Denúncia (21 2253-1177).

Sem discussões

De acordo com Henrique, antes do sumiço de Julia não houve qualquer discussão em casa. Ele disse que a mãe havia redecorado o quarto da garota do jeito que ela queria:

– Estava tudo bem. Nosso convívio estava bom. Havíamos ido ao shopping, ao cinema. Não houve desavenção alguma.

EXTRA