Fiscais do IMA interditam e autuam distribuidora de carvão

Ação foi realizada após denúncias recebidas pelo aplicativo móvel

ae02bd1f65ff61c6cce7afad93ab58d9_L
Fiscais encontraram 33 metros cúbicos de carvão sem Documento de Origem Florestal (DOF). Ascom/IMA

Fiscais do Instituto do Meio Ambiente (IMA) interditaram e autuaram uma distribuidora de carvão vegetal no município de Arapiraca, após denúncias feitas pela população por meio do aplicativo móvel Denuncie. Na operação, realizada na terça-feira (3), foi autuado também um veículo que fazia transporte irregular de gás.

Em Arapiraca, os fiscais encontraram 33 metros cúbicos de carvão sem Documento de Origem Florestal (DOF). A distribuidora foi interditada e multada em R$ 10 mil. Os técnicos ainda apreenderam 14 mil sacos de carvão, duas balanças e uma máquina de costura que ficarão no IMA até que as licenças sejam regularizadas.

 0405-carvao

Segundo Wolney Lima, da equipe de Gerência de Monitoramento e Fiscalização (Gemfi), é fundamental que o comércio de carvão esteja regularizado. “Não se sabe a procedência da madeira realizada na produção. O documento de origem florestal é que dá o controle sobre o uso da matéria-prima”.

Um caminhão fazendo o transporte irregular de gás também foi flagrado na BR-316. O veículo não possuía a Autorização para Transporte de Produto Perigoso (ATTP) e foi autuado em R$ 11.395.

O IMA reafirma o papel da população como colaboradora nas ações de fiscalização, por meio das denúncias feitas pelos canais disponíveis. Além do aplicativo Denuncie, disponível para smartphones com sistema Android e IOS, existem também as redes sociais, o site ima.al.gov.br e o Canal Verde 0800 082 1523.

Klaus Roger – Agência Alagoas