Família acredita que grávida desaparecida no Rio teria sido sequestrada

Jovem de 22 anos desapareceu depois de sair para encontrar com mulher que conheceu pela internet. Delegacia de Descoberta de Paradeiros investiga o caso.

Familiares da jovem Rayanne Christini Costa Ferreira, de 22 anos, que desapareceu em Bangu, na Zona Oeste do Rio, na quarta-feira (14) acreditam que ela tenha sido sequestrada. Segundo pessoas próximas a jovem, que está grávida, Rayanne desapareceu depois de sair para encontrar uma mulher que prometia doar roupas para o bebê que espera.

A gestante saiu de casa com destino à Central do Brasil e não foi mais vista. A tia de Rayanne, Jupyra Costa, acredita que a sobrinha foi sequestrada pela mulher que lhe daria roupas para a criança, que está prestes a nascer.

“Ela botou a menina dela de três anos na creche, depois que saiu da creche, encontrou com uma amiga de lá e falou com essa amiga que iria encontrar com essa pessoa, que entrou em contato com ela pelo Whatsapp.”, diz a tia.

Em depoimento aos investigadores da delegacia de Descoberta de Paradeiros, a família contou que uma outra moça que participava desse mesmo grupo de bate papo já tinha marcado encontro com essa mulher de Magé. Só que como a grávida disse que ia levar o marido para ajudá-la a pegar as doações, a mulher de Magé cancelou o encontro e excluiu a moça do grupo.

g1

19/12/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *