Ex de Johnny Depp, Amber Heard escreve carta aberta sobre violência doméstica

Após ter acusado Johnny Depp de violência doméstica e se divorciado do ator, com quem ficou casada por 18 meses, Amber Heard escreveu para a revista “Porter” uma carta aberta direcionada a todas as vítimas de abuso. A atriz, que endereçou o comunicado “às irmãs silenciosas de todo o mundo”, declarou: “Vocês podem ter sofrido sozinhas por trás de portas fechadas, mas vocês não estão sós”.

Na carta, ela continua: “Eu quero lembrá-la da sua força, uma força que tem sido multiplicada pelo número de mulheres que se ergueram silenciosamente atrás de você – uma verdade que permitiu com que eu me libertasse das portas por trás das quais eu já me encontrei”, escreve a atriz. Mais à frente, Amber comenta o tratamento que recebeu da mídia e de parte do público após ter denunciado Depp. “Vamos começar com a verdade – a verdade dura e fria. Quando uma mulher vem à tona para falar sobre injustiça ou seu sofrimento, ao invés de auxílio, respeito e apoio, ela encontrará hostilidade, ceticismo e vergonha.”

Sem citar diretamente o ex-marido ao longo de toda a carta, Amber finaliza seu texto falando sobre as vítimas anônimas de violência doméstica ao redor do mundo: “Enquanto escrevo isso hoje, posso prometer a cada mulher que está sofrendo em silêncio – você não está sozinha. Você pode não nos ver, mas estamos aqui”.

Yahoo

16/12/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *