Dilma decide exonerar ministros logo após votação do Senado

dilma

A presidente Dilma Rousseff decidiu que vai exonerar os seus ministros logo após a votação da admissibilidade do impeachment no Senado Federal, que deve terminar apenas na madrugada desta quinta-feira. De acordo com a Agência Brasil, todos os ministros terão que deixar os cargos, exceto o do Esporte, Ricardo Leyser, devido aos Jogos Olímpicos do Rio.

O cargo de presidente do Banco Central também continua, por enquanto, com Alexandre Tombini, pois depende de indicação do Senado. Ainda não se sabe qual será o formato da exoneração dos ministros, mas ela pode ser publicada em edição extra do Diário Oficial assim que a votação terminar.

EXTRA