Casamento coletivo possibilita que cerca de cem casais oficializem união em AL

Cerimônia aconteceu no sábado (7), em São Luís do Quitunde, dentro das atividades do Governo Presente

67b2107aeb6bf06b107962023fe1fd83_L
Severino Elias dos Santos e Erenilda Manso oficializaram a união de 40 anos. Ascom/Semudh

Quase cem casais oficializaram sua união no sábado (07), em cerimônia realizada em São Luís do Quitunde, durante o Governo Presente, na região Norte de Alagoas. O casamento coletivo foi promovido pelo Governo do Estado, em parceria com o Tribunal de Justiça.

A secretária de Estado da Mulher dos Direitos Humanos, Rosinha Cavalcante Estrela, representou o governador Renan Filho no evento, que teve com celebrante o juiz André Geda.

 

Rosinha Cavalcante ressaltou a importância da oficialização do casamento na garantia de direitos como os da Previdência, assim como, o acesso aos programas de governo.

Ela também falou da importância da celebração como uma reafirmação da família. “Este já é o quarto casamento coletivo concretizado pelo Governo do Estado. Fico muito feliz em ver o governador Renan Filho oferecendo apoio a essa instituição, que é a família, base da sociedade”.

Um dos casais a oficializar sua união foi Severino Elias dos Santos e Erenilda Manso da Silva. Há quarenta anos juntos, o casal afirmou que a solenidade é uma oportunidade de reafirmar uma história que deu certo. “Temos um filho de 38 anos e sentimos a necessidade de um momento como este para fortificarmos ainda mais o nosso caminhar juntos”, disse ele.

 

Valdijane Maria tem um filho de seis anos e, grávida de sete meses do segundo filho, falou do seu contentamento em oficializar a união de onze anos, com o marido José Sebastião. “Estou feliz com esta oportunidade de ter minha certidão de casamento”, afirmou ela.

Sisley Veloso – Agência Alagoas