Câmara de Maceió mantém vetos do prefeito e aprova orçamento para 2017

Capital alagoana terá orçamento de R$ 2,3 bilhões para o próximo exercício. Em outra sessão extraordinária, vereadores votarão reforma administrativa.

A Câmara de Maceió manteve os vetos do prefeito Rui Palmeira (PSDB) a mais de 100 emendas à Lei Orçamentária Anual (LOA) e aprovou o orçamento da capital alagoana para 2017. Os vereadores estavam em recesso, mas foram convocados para sessão extraordinária nesta terça-feira (27).

Maceió terá um orçamento de R$ 2,3 bilhões para o exercício financeiro do próximo ano. Com a aprovação em segunda discussão, a lei será promulgada pelo presidente da Câmara, o vereador Kelmann Vieira (PSDB).

O projeto da LOA havia sido aprovado no dia 15 deste mês, com 59 emendas aditivas e 111 modificativas, mas o prefeito vetou parcialmente a matéria.

Projetos do Executivo
Além dos vetos, nesta tarde, os vereadores também apreciaram dois projetos do Executivo que tratam da reforma administrativa do município e o que cria a Agência Municipal Reguladora de Serviços Delegados.

Os parlamentares também votaram aprovaram, em segunda discussão, a criação da Agência. Os 21 vereadores estavam presentes à sessão e a matéria foi aprovada por 18 votos a 3. O texto agora segue para sanção do Chefe do Executivo.

Já a reforma administrativa, será votada em mais uma sessão extraordinária, convocada para esta quarta (28), a partira das 15h. A tramitação desse projeto, segundo a Câmara, estava suspensa temporariamente por decisão judicial.

“Sobre a reforma, creio que foi bastante discutida pelos meus colegas vereadores que já ouviram explicações sobre as dúvidas que tinham e acredito que ela será aprovada. É uma reforma necessária para que gastos sejam cortados em meio à crise finaneceira pela qual o País atravessa”, declarou Kelmann Vieira.

g1

27/12/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *