Bolsa Família distribuiu mais de R$ 850 milhões em Alagoas em 2016

Segundo a Seades, 396 mil famílias receberam o benefício.
Valor mensal do repasse feito pelo Governo Federal teve aumento.

Em 2016, o programa Bolsa Família distribuiu mais de R$ 850 milhões a famílias alagoanas que se encontram em situação de pobreza e extrema pobreza. A informação foi divulgada pela Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social (Seades). De acordo com o órgão, só em dezembro, 396 mil famílias receberam o benefício.

Ao todo, o Bolsa Família pagou em Alagoas R$ 853.968.339, 00. Em janeiro, o repasse mensal do Governo Federal foi de pouco mais de R$ 68,5 milhões. Em dezembro, esse valor subiu e chegou a cerca de R$ 74 milhões, o que representa um aumento de R$ 5,5 milhões nesse valor. As informações foram divulgadas pela coordenação estadual do programa nesta terça-feira (27).

Em novembro, mais de 11 mil benefícios do programa foram cancelados no estado, por apresentarem alguma irregularidade, encontrada durante um ‘pente fino’ realizado pelo Governo Federal. Para o secretário da Seades, Antônio Pinaud, esse foi um aspecto positivo, pois possibilitou a entrada de outras famílias no programa.

“A partir desses processos de revisão e averiguação, registramos uma redução no número de famílias entre os meses de fevereiro e abril e entre outubro e novembro. Mas, em dezembro, já conseguimos incluir mais de 6 mil famílias que estavam na fila de espera. Durante o ano, ao mesmo tempo em que o governo anunciava o cancelamento de benefícios indevidos, conseguimos incluir mais de 59 mil famílias”, afirma Pinaud.

O secretário também destacou o reajuste feito no repasse mensal como fator que possibilitou a ampliação do benefício no estado.

Cadastramento
No último dia 16 terminou o prazo para realização da revisão cadastral das famílias incluídas no Grupo 8. Elas e as do grupo 7, cujo prazo para revisão terminou em novembro, devem procurar as coordenações municipais do programa até os dias 17 de fevereiro, para o grupo 7, e 17 de março, para o grupo 8, para informar alterações necessárias no cadastro para evitar o cancelamento do benefício.

g1

27/12/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *