Arsal realiza quase mil abordagens em um mês de operações

Ônibus interestadual foi flagrado realizando transporte intermunicipal clandestino

download (4)

Em operações de rotina nas regiões metropolitana, litoral Sul, litoral Norte, Zona da Mata, Agreste e Sertão do Estado, a fiscalização de transporte da Agência Reguladora de Serviços Públicos (Arsal), que ocorre em parceria com o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), abordou 995 veículos entre os dias 1º e 31 de maio deste ano. Na capital, as fiscalizações ocorreram em conjunto com a Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT).

As abordagens aos ônibus, complementares autorizados, vans clandestinas, táxis e caminhonetes onde havia suspeita de transporte irregular de passageiros, resultaram em 163 notificações, 46 veículos recolhidos e dois retidos na pista.

Segundo Márcio Gouveia, chefe de fiscalização da Arsal, a maior parte das notificações e recolhimentos se deu em razão da própria clandestinidade, do excesso de passageiros, ausência de documentos obrigatórios, vistorias vencidas e desvio de itinerário.

“Na região de Maragogi apreendemos um ônibus interestadual, que faz a linha Pernambuco/Alagoas, realizando transporte intermunicipal”, exemplificou Gouveia.

Salientando a importância dessas operações de transporte e trânsito, inclusive em relação à segurança pública, o chefe de fiscalização contou ainda que, no dia 13 de maio, três assaltantes foram presos dentro de um microônibus depois que uma das vítimas denunciou o trio à equipe de fiscais e policiais. As prisões ocorreram em Satuba.

Realizada por meio de operações especiais ou rotineiras, a fiscalização de transporte ocorre em todo o Estado, em pontos fixos e volantes, com o suporte do acompanhamento online realizado por meio do Sistema de Monitoramento de Transporte (SMT) da Agência Reguladora.

Para informações, reclamações, denúncias ou sugestões, os usuários do Transporte Rodoviário Intermunicipal de Passageiros podem ligar gratuitamente para a Ouvidoria da Arsal: 0800-284-0429, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h; comparecer à sede da Agência (Rua Cincinato Pinto, Edf. Ipaseal, 226, Centro, Maceió); ou acessar a página eletrônica www.arsal.al.gov.br e clicar no banner “Ouvidoria Online”.

Vanessa Alencar – Agência Alagoas.