Acidente em Colônia: Vítimas são submetidas à cirurgia e seguem grave

colonia
O Hospital Geral do Estado divulgou por meio da sua assessoria o segundo boletim com o quadro clínico das três vítimas que sobreviveram ao acidente registrado na manhã de ontem (22) em um trecho da BR 416, em Colônia Leopoldina. Cinco pessoas morreram no local do acidente.

De acordo com o boletim, o menino M.H, 11 anos, sofreu fratura nas duas pernas e trauma cranioencefálico. Foi submetido à cirurgia para correção das fraturas e encontra-se na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Pediátrica, entubado e sedado. Seu estado geral é considerado grave.

A segundo vítima, o condutor do Fiat Strada, Damião Bezerra, 26, sofreu trauma de abdome, foi submetido a procedimento cirúrgico e encontra-se na Recuperação Pós-anestésica (RPA). Esse é o paciente que apresenta melhor quadro, considerado estável.

A terceira vítima, Wellignton Santos da Silva, 18, Sofreu trauma cranioencefálico, fratura exposta de fêmur e trauma de tórax. Encontra-se entubado e sedado, na Recuperação Pós-anestésica (RPA) após ser submetido a procedimentos cirúrgicos. Estado de saúde é grave.

Os corpos das vítimas do acidente devem ser liberados nesta segunda (23) para sepultamento. Entre os mortos estão três irmãos Germano, Adriano e Sílvio Simeão.

Cláudia Galvão – Alagoas 24 Horas